Nicho e Subnicho: O que é e como definir o seu em 6 passos

A definição do nicho de mercado é o primeiro passo que uma pessoa precisa dar para começar um negócio, seja físico, ou digital.

Por ser um conceito bem específico do marketing, algumas pessoas não entendem completamente seu significado, e muitos empreendedores ficam paralisados na hora de escolher o nicho para trabalhar.

O mais importante é que essa decisão precisa ser muito bem defina, pois escolher um nicho e subnicho de mercado errado poderá comprometer todo seu negócio.

O que são nichos e subnichos?

Antes de ficar assustada(o) com esse passo, veja qual é a definição técnica para esse termo.

Nicho de mercado  é um segmento (parte) dentro de um mercado maior que atende uma parcela de público que possui características específicas.

Subnicho nada mais é que um assunto específico dentro do nicho de mercado. 

Para entender melhor, veja alguns exemplos:

O mercado de beleza atende milhões de pessoas com produtos diferentes e marcas consolidadas. Produto de beleza para cabelos crespos é um subnicho que atende pessoas com desejos e problemas específicos.

A indústria de alimentação possui público amplo com a necessidade básica se alimentar. Alimentação vegana é subnicho dentro do nicho de alimentação que atende um grupo de pessoas com os mesmos interesses (alimentos para quem não consome nenhum produto de origem animal)

Marketing de conteúdo é um nicho dentro do marketing digital que atende um grupo de pessoas com interesses específicos, que é a produção de conteúdo. Por exemplo, um social media precisa entender de estratégia de conteúdo para oferecer seus serviços para empresas ou pequenos negócios.

Veja que nos três exemplos, os públicos de cada nicho são menores e possuem necessidades específicas (cuidados para cabelos crespos, alimentação exclusiva de vegetais e criação de conteúdo estratégico).

Vantagens de trabalhar com um nicho específico

A primeira instância, é fácil pensar que trabalhar com um mercado maior, onde existe mais público é muito melhor que atacar um nicho pequeno.

Porém, dentro de um mercado abrangente haverá também mais empresas atuando, o que significa mais concorrência e mais esforço para ganhar mercado.

E a vantagem de trabalhar com nicho e subnicho de mercado é a possibilidade de se tornar uma autoridade dentro do seu nicho e ser visto pelo cliente como especialista no assunto.

Quando você sabe exatamente quem é seu público e o que ele precisa, consegue criar uma comunicação com mais facilidade, além de poder desenvolver uma solução que seja mais específica.

E, por último, mas não menos importante, com um mercado menor, que tem características mais definidas, as campanhas de marketing ficam mais precisas, o que aumenta as conversões e o ROI (Retorno sobre investimento).

Como escolher um nicho de mercado em 6 passos efetivos

Para achar um bom nicho para trabalhar é preciso levar em consideração alguns pontos importantes. Veja:

Como escolher um nicho de mercado
Ter clareza sobre esses três pontos, te ajudará desenvolver um negócio lucrativo e duradouro.

1. Coisas que você gosta

Uma boa maneira de encontrar um mercado para criar um negócio é trabalhar com algo que você goste.

Pense nas coisas que você faria gratuitamente, nos assuntos que você gasta horas falando com amigos ou até mesmo em algum tema específico que você goste de estudar. Afinal, a proposta aqui é você conseguir enxergar oportunidades .

Então, faça uma lista de todas as coisas que você gosta (todas mesmo), mesmo que pareçam malucas, acredite existe público para tudo nesse mundo. 

Dentro dessa lista, veja quais coisas poderiam virar um negócio lucrativo. 

2. Coisas que tem habilidade

A segunda lista que precisará fazer é das coisas que você já tem domínio do assunto.

Pode ser um hobby que pratica, ou sua formação na faculdade, ou ainda habilidades que você desenvolveu no trabalho.

Veja aqui podem estar coisas que você sabe, mas que não necessariamente gosta, mas é bom listar porque assim fica sabendo quais são todas as possibilidades.

Porém, o ideal seria trabalhar com algo que você gosta, pois assim o negócio se desenvolveria com naturalidade e sem esforços.

3. Coisas que gostaria de aprender

Por último, faça uma lista com os assuntos que gostaria de aprender.

Pode ser, um idioma, algum tipo de artesanato, culinária, um assunto específico, por exemplo, marketing.

Criar um negócio, tendo como nicho de mercado algo que gostaria de aprender, será bom em dois aspectos.

O primeiro é aprender algo que já tinha vontade e o segundo é ganhar dinheiro fazendo isso.

Veja, em um negócio criado a partir de algo que deseja aprender, no começo será mais difícil produzir conteúdo, mas conforme o tempo for passando ficará mais fácil, e será mais prazeroso.

4. Identifique a demanda do mercado

O que é nicho de mercado

Dentro de uma dessas três listas acima está a ideia do seu negócio, ou seu nicho de  mercado ideal.

Separe, por ordem de preferência, e comece a identificar se existe demanda para esse assunto.

Para fazer isso, é preciso pesquisar na internet quais são as palavras chave principais do assunto e usar ferramentas como Ubersuggest, Answer The Public, e o próprio planejador de palavras chave do Google, para ver a quantidade de buscas que esses termos possuem.

Ubersuggest

O Ubersuggest é uma ferramenta bem interessante, pois além de ver o volume de buscas, a ferramenta te mostrará outras ideias relacionadas. 

Exemplo: ao digitar roupas femininas, você verá outras sugestões, como: roupas femininas para pré adolescência, roupas femininas infantil etc.

Ferramenta de pesquisa de palavra chave
Ferramenta de pesquisa de palavra chave

Answer The Public

O Answer The Public é uma ferramenta para encontrar ideias de palavras chave, ou seja, são termos que o seu público-alvo está procurando no Google. É importante ressaltar, que essa ferramenta mostra apenas sugestões, não dados quantitativos.

Ferramenta para encontrar sugestões de palavras chave
Ferramenta para encontrar sugestões de palavras chave

Utilize o Google Trends para analisar se esse assunto está em alta, se está decaindo, ou se mantém estabilidade (não escolha algo com queda acentuada).

Identificadas as palavras chave principais, é hora de ir para as redes sociais e ver o quanto existe de conteúdo voltado para esse assunto específico.

Outra forma de verificar se existe dinheiro dentro do nicho que você escolheu, é investigar se tem anúncios no Google, Facebook, normalmente tendo propagandas é porque existe público interessado em comprar.

5. Pesquise a concorrência

Faça uma pesquisa para analisar a concorrência dentro do nicho e subnicho de mercado escolhido.

Analise o tamanho dos concorrentes, seu poder de fogo na internet, se estão bem posicionados no Google, se são marcas reconhecidas do público.

Procure sempre nichos que não tenham concorrência de grandes nomes do mercado, assim terá condição de se destacar mesmo tendo um negócio menor.

E não tenha medo da concorrência, acredite existe público para todo mundo!

Use as brechas, falhas, faltas da concorrência para criar um produto, serviço e conteúdo diferenciado, suprindo a necessidade que o público tem e que essas empresas ou empreendedores não suprem.

Com isso, conseguirá conquistar a atenção do público de forma positiva.

6. A importância de testar e validar estratégias

Um dos grandes motes do marketing digital é “testar”.

Isso mesmo! Sempre teste as estratégias de divulgação dos produtos ou serviço que está promovendo.

Uma boa maneira de fazer isso é criar postagens nas redes sociais falando do problema principal que o produto que escolheu resolve, e veja a reação do público.

Normalmente as pessoas interessadas quererão saber mais, e é exatamente para quem tem esse desejo que você deverá direcionar seu conteúdo e também sua oferta.

Dica extra fundamental:

Nunca escolha um nicho apenas pela sua lucratividade, principalmente se você não gostar ou não tiver interesse pelo assunto.

Como precisará produzir muito conteúdo para divulgar, chegará um momento que estará desmotivada(o), caso trabalhe em um nicho que não gosta.

Equilibre sempre a lucratividade com o prazer de trabalhar todos os dias, para que o sucesso do seu negócio seja completo.

Desejo que esse artigo sobre como escolher um nicho de mercado ajude você a achar uma boa ideia de negócio para criar seu produto físico ou digital.

Michelle Nascimento

Michelle Nascimento

Graduada em TI, Estrategista de Conteúdo e Digital. Aqui é o espaço onde compartilho meus insights, experiências, testes, dicas, livros e mentores que me inspiraram na minha jornada. Conteúdos sobre marketing digital, marketing de conteúdo e empreendedorismo!

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Receba gratuitamente no seu e-mail conteúdos exclusivos sobre Marketing Digital e Empreendedorismo.

Este post tem 4 comentários

  1. KATIA MARIA DE OLIVEIRA MARCOLONGO

    Excelente! Seus artigos são ótimos, bem claros e objetivos.

    1. Michelle

      Oi Katia, que bom que gostou! Obrigada pelo seu comentário.

  2. André Marques

    Achei ótimo

    1. Michelle

      Oi André, tudo bem?
      Seja bem vindo!
      Fico feliz em saber que gostou do conteúdo. Obrigada pelo seu feedback.

Deixe seu comentário